PUBLICIDADE

Relacionamento

4 crenças velhas sobre homens, mulheres e relacionamentos que não são mais verdade

Propagadas durante décadas e passadas através das gerações, diversas crenças sobre as diferenças entre sentimentos de homens e mulheres em relacionamentos ainda hoje são encaradas como verdades absolutas, apesar dos avanços sociais e maior igualdade entre os gêneros.

Para tentar esclarecer fatos e derrubar mitos, a psicóloga Gwendolyn Seidman listou, em um artigo para o site Psychology Today, uma série de estudos e pesquisas sobre relações amorosas que podem te surpreender. Confira os mais comuns:

Mitos e verdades sobre relacionamentos amorosos
Mito: as mulheres são mais românticas do que os homens.
Verdade: segundo a psicóloga, os homens têm uma visão até mais romântica do amor do que as mulheres. Em uma medida chamada de “escala de crenças românticas”, que pede para pessoas avaliarem o quanto elas concordam com declarações como: "só haverá um amor verdadeiro por mim" e "se eu amo alguém, eu sei como fazer a relação dar certo”, os rapazes apresentam maior pontuação. Além disso, homens também seriam mais propensos do que as mulheres a acreditar na noção romântica de amor à primeira vista.

Mito: a atração física só é importante para os homens.
Verdade: estudos mostram que tanto homens como mulheres consideram que as aparências físicas são importantes, apesar de serem ligeiramente mais relevantes para eles. Uma pesquisa indicou que, em uma escala de características importantes para um pretendente, os rapazes indicaram o aspecto físico como a quarta mais importante, enquanto elas colocaram o item em sexto lugar.

Mito: mulheres não estão interessadas em sexo casual.
Verdade: embora os homens estejam, em geral, mais interessados e dispostos a aceitar ofertas para encontros sexuais casuais, o interesse das mulheres tem sido subestimado, principalmente por questões sociais. Em pesquisas, homens tendem a inflacionar o número de parceiras que teve ao longo da vida, enquanto mulheres normalmente reduzem a quantidade real. O que pode diferenciar, neste caso, é que elas geralmente são mais exigentes que os rapazes, mesmo para sexo sem compromisso, mas o que não significa exatamente falta de interesse na prática.

Mito: homens e mulheres têm personalidades e desejos diferentes.
Verdade: as diferenças de gênero na maioria das áreas são relativamente pequenas e há muito mais variação entre indivíduos do que entre os sexos. Grande parte das diferenças de gênero na personalidade são muito menores do que diferenças de gênero em altura, por exemplo.