PUBLICIDADE

Educação

Movimento intenso no primeiro dia de matrícula para aprovados no vestibular Univesp em Dracena

As matrículas seguem até amanhã (11), das 10h às 21h (Foto: Assessoria de Comunicação)

Inscrições são para os selecionados na primeira chamada da prova e podem ser feitas até sexta-feira (11), das 10h às 21h, na própria Universidade (junto a Secretaria Municipal de Educação).

Por ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Prefeitura de Dracena

O primeiro dia de matrícula para os aprovados no vestibular da Univesp (Universidade Virtual do Estado de São Paulo) foi intenso em Dracena. Desde às 10h da manhã, candidatos selecionados em primeira chamada lotaram a Secretaria Municipal de Educação, sede do polo da Universidade na cidade.

As matrículas começaram a ser feitas ontem (9) e seguem até amanhã (11), das 10h às 21h. Do dia 16 a 18 de agosto serão abertas as inscrições para os aprovados em segunda chamada, também na Secretaria de Educação e no mesmo horário. As aulas terão início na semana do dia 21 de agosto.

A MATRÍCULA - Os aprovados devem levar certificado de conclusão do ensino médio ou equivalente; histórico escolar completo do ensino médio ou equivalente; certidão de nascimento ou casamento; carteira de identidade (RG); cadastro de pessoa física (CPF); título de eleitor, para brasileiros maiores de 18 anos, com comprovante de votação ou certidão de quitação eleitoral.

Brasileiros do sexo masculino também precisam apresentar certificado que comprove estar em dia com o serviço militar, do dia 1º de janeiro do ano em que o candidato completar 18 (dezoito) anos de idade até 31 de dezembro do ano em que completar 45 (quarenta e cinco) anos de idade.

O candidato que pretenda obter aproveitamento de estudos em disciplina(s) já realizada(s) em outro curso superior deverá apresentar a documentação referente à carga horária, ementa e programa da(s) disciplina(s) cursada(s) e histórico escolar da instituição de ensino superior de origem;

No caso do candidato que se valer do Sistema de Bonificação, o mesmo deverá apresentar, no ato da matrícula, os documentos comprobatórios, a saber: declaração de próprio punho quando da condição de PPI; histórico escolar que demonstre escolaridade pública no ensino médio ou equivalente; conforme o benefício concedido. A falta dessa comprovação implicará na desclassificação sumária do candidato deste Processo Seletivo Vestibular, independentemente de sua classificação, com ou sem a bonificação;

O histórico escolar ou a declaração escolar somente serão válidos e aceitos pelo Polo se contiverem o detalhamento da(s) escola(s) em que o candidato efetivamente estudou todas as séries do ensino médio ou EJA;

Candidatos que estiverem matriculados em outra instituição de ensino superior pública, deverão apresentar documento comprobatório da desistência da matrícula anterior.