10 dicas de segurança na internet

Usar a internet para fazer compras, acessar dados bancários e até mesmo navegar nas redes sociais e assistir a vídeos é prático, rápido e fácil. No entanto, é preciso ter cuidado com os riscos que essa facilidade pode causar.

Não é incomum computadores, celulares e outros dispositivos eletrônicos com acesso à internet serem contaminados com os famosos malwares, os vírus. Eles são ferramentas poderosas de pessoas de má fé, que podem ter acesso a dados confidenciais, como senhas de banco.

Contudo, há maneiras de se proteger dos vírus e se manter seguro na internet. Confira algumas dicas de segurança na internet abaixo:

1. Aprenda sobre o mundo virtual
Informe-se. Aprenda sobre as maneiras de se prevenir das ameças online. Procure informações em sites confiáveis ou através de profissionais do ramo. Inclusive, caso haja algum problema com seu computador, leve seu equipamento somente para um especialista em T.I (Tecnologia da Informação). Eles são os mais indicados para resolver qualquer problema operacional ou de contaminação que seus aparelhos venham a ter.

2. Não salve suas senhas
Elas são restritas e de uso pessoal. Por isso, não salve suas senhas no computador – nem no seu e muito menos em algum de uso compartilhado. O mundo da internet é muito perigoso e um deslize pode fazer você ter seus dados descobertos. Melhor prevenir que remediar.

3. Altere suas senhas periodicamente
Passar muito tempo com uma única senha é um erro muito cometido. Para ter mais segurança no mundo virtual altere sempre suas senhas, para que seja mais difícil que outras pessoas descubram seus dados confidenciais. Também lembre-se de usar letras, números e símbolos na criação das suas senhas. Não esqueça ainda de evitar usar a mesma palavra-chave para serviços diferentes.

4. Não instale softwares suspeitos
Na dúvida, não instale. Os programas podem estar infectados e conter malwares que podem roubar dados do seu computador. Opte por aqueles softwares de empresas que você já conhece e das renomadas no mercado.

5. Atenção aos downloads
Assim como softwares, outros downloads também podem te levar a problemas com a sua máquina. Jogos, filmes, músicas, caso não bem selecionados, podem ser baixados com algum vírus e causar grandes dores de cabeça. Fique atento a isso e não esqueça de fazer o download por meio de sites confiáveis.

6. Cuidados com os links que você clica
Atenção redobrada nesse caso. Muito cuidado com os links que você clica, principalmente nas redes sociais como Facebook e Twitter. Histórias diferentes, curiosas e engraçadas demais podem ser uma armadilha para sua proteção contra vírus e ataques cibernéticos. Use do bom senso e pesquise sobre o assunto, com o intuito de arranjar uma fonte confiável para o tema.

7. Atualize seu antivírus
Ele é sua defesa contra os malwares da internet. Ter um antivírus atualizado é uma das melhores saídas para obter proteção. Faça as renovações assim que for solicitado – ou em um prazo semanal – e evite passar muito tempo sem utilizá-lo. As versões pagas são mais completas e com mais garantias de segurança.

8. Não acredite em super promoções da internet
A famosa expressão norte-americana “não existe almoço grátis” é verdadeira no mundo. Propagandas de objetos com descontos astronômicos, em sites que você nunca ouviu falar, e anúncios de que você foi o milionésimo a acessar alguma página na internet são indícios de que há algo errado. Um vírus pode invadir seu computador, caso clique em links encontrados em situações parecidas, e ter acesso aos seus dados pessoais.

9. Fique atentos aos falsos e-mails e anexos
Muitas vezes os e-mails são corrompidos e falsos e-mails caem na sua caixa de entrada. É muito comum se tratarem de assuntos como traição, emprego, dinheiro e rastreamento de encomendas. Não clique em links ou anexos enviados por endereços virtuais desconhecidos.

10. Verifique se o site é seguro
O Google oferece uma certificação de segurança aos sites. Quando o gigante da tecnologia enxerga um endereço virtual como perigoso, o próprio navegador indica isso ao usuário. Em outros casos, até mesmo o antivírus bloqueia o site e alerta perigo.


COMO VOCÊ QUER SER ATENDIDO?

Selecione uma das opções para que possamos melhor atendê-lo.

Atendimento diferenciado